< voltar
CCDH ACOMPANHARÁ DENUNCIA DE RACISMO ENVOLVENDO VEREADORA DE FARROUPILHA

O presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, Jeferson Fernandes (PT), anunciou, na reunião ordinária do órgão técnico realizada na manhã desta quarta-feira (24), que solicitará à Câmara de Vereadores de Farroupilha as providências adotadas em relação ao discurso proferido pela vereadora Eleonora Broilo (PMDB) na última segunda-feira (22). Em discurso na tribuna, a vereadora teria afirmado que “os nordestinos sabem muito bem se unir, sim, para roubar. Eu acho que eles sabem se unir para aumentar a corrupção. Isso eu acho que eles são donos. Isso eu concordo plenamente. Talvez até eles não saibam nem falar muito bem, mas sabem roubar que é uma maravilha", declarou em plenário.

A iniciativa foi endossada pelo deputado Pedro Ruas (PSOL). “Não há imunidade na tribuna para crime racial. Se isso for comprovado, é preciso adotar providências do ponto de vista penal”, defendeu.

Audiências Públicas

Na mesma reunião, os deputados aprovaram três requerimentos de audiências públicas. Por solicitação do deputado Nelsinho Metalúrgico (PT), será realizada audiência para debater a nova lei de migração. Também será discutida, a pedido da deputada Manuela d Àvila (PCdoB), a proposta de regionalização do parto e do nascimento no Rio Grande do Sul. Já por iniciativa dos deputados Bombeiro Bianchini (PPL), Manuela e Jeferson será promovido um encontro para tratar dos procedimentos e protocolos adotados pelas instituições relativos à violência nos estádios de futebol.

Igualdade Racial

O militante do Movimento Negro Stênio Rodrigues ocupou o período dos Assuntos Gerais para falar sobre as resoluções da Pré-conferência Livre de Promoção de Igualdade Racial. Ele pediu apoio da Comissão para agendar um encontro com a titular da Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, para entregar o documento contendo as decisões do encontro.

Stênio afirmou que o Brasil passa por um momento de desconstituição de direitos, marcado pela precarização extrema do trabalho, extermínio de jovens negros e pobres e da população indígena. “O problema do Brasil não é a falta de recursos para implantar políticas sociais, mas a vontade política de entregar o patrimônio público e a mão de obra brasileira aos grandes grupos econômicos”, declarou.

Participam da reunião os deputados Jeferson Fernandes (PT), Bombeiro Bianchini (PPL), Missionário Volnei (PR), João Reinelli (PV), Lucas Redecker (PSDB), Pedro Ruas (PSOL), Miriam Marroni (PT), Luís Augusto Lara (PTB) e Álvaro Boessio (PMDB).

< voltar
Facebook
@Copyright Jeferson Fernandes
Inicial
|
Parlamentar
|
Notícias
|
Fotos
|
Publicações
|
Vídeos
|
Áudios
|
Links
|
Boletins
|
Contatos
|